Bélgica é desde hoje o país mais afectado pelo COVID-19. O que acontece quando o lockdown não é respeitado

Spread the love
  • 35
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Alguma coisa correu mal na Bélgica. A Bélgica reconhecidamente reagiu algo tarde à pandemia do Covid-19, e apenas implementou medidas de contenção no dia 18 de Março, quando já havia registado mais de 1000 infecções e 18 mortos. Desde essa data, passaram 29 dias, e as medidas de contenção parecem não estar a funcionar, como se pode verificar no gráfico abaixo:

Fatalidades per capita (*)

 

 

Após as medidas iniciais, tudo parecia estar a correr com alguma normalidade, em linha com que esteva a acontecer noutros países, como França, Holanda e Reino Unido. Não que as coisas tenham corrido particularmente bem nesses países, mas não estavam ao nível de Espanha ou Itália.

As coisas começaram a pender para o pior em torno do dia 9 de Abril (o que tendo em conta o tempo médio entre a infecção e a fatalidade, corresponderam a infecções em torno de 21 de Março) quando os números começaram a disparar. E tal tem acontecido desde então, a um ritmo superior ao da Espanha ou Itália se tivermos em conta a população de cada um dos países, até à meia noite de ontem, onde o número de fatalidades por cada 100 000 habitantes atingiu as 42, excedendo os valores atingidos pela Espanha e Itália, tornando-se o país mais gravemente atingido pelo Covod-19. E mesmo neste momento, a curva não está a abrandar.

Isto demonstra que não é preciso encetar medidas de contenção, mas estas têm de surtir o seu efeito quando correctamente cumpridas pela população.

Advertisements

As estatísticas do Google sobre os hábitos das pessoas antes e depois das medidas de contenção, sugerem que o problema pode estar mesmo ao nível de cumprimento da contenção. Comparando os valores dos resultados da mobilidade das pessoas antes e depois das medidas de contenção, a disparidade dos resultados é evidente.

Spain Belgium

Evolução da mobilidade em Espanha no acesso a estabelecimentos comerciais e parques

Evolução da mobilidade na Bélgica no acesso a estabelecimentos comerciais e parques

Evolução da mobilidade em Espanha no acesso aos locais de trabalho

Evolução da mobilidade na Bélgica no acesso aos locais de trabalho

A disparadas dos resultados apresentados pela Google demonstra que ambos os países obtiveram resultados completamente diferentes no que diz respeito à contenção. É especialmente interessante ver que na Bélgica, o acesso aos parques foi reduzido em apenas 20%, quando comparado com Espanha, onde a redução foi de 85%.

Os resultados para Portugal estão em linha com os de Espanha, o que também explica os últimos resultados em Portugal.

Mobilidade em Portugal no acesso a estabelecimentos comerciais e parques

 

Mobilidade em Portugal no acesso aos locais de trabalho

 

 

Advertisements
  •  
    35
    Shares
  • 35
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Leave a Reply